Connect with us

ELEIÇÕES 2018

Eleições ocorreram sem problemas na RO, mas eleitores dizem que voto não representou suas vontades

Uma eleitora registrou ocorrência na 81ª DP por não ter conseguido votar em Bolsonaro em seção do Engenho do Mato

Publicado há

no dia

Tuanne: "O povo, nessas eleições, está perdendo o senso". Foto: Thiago Freitas / AFI

Logo nas primeiras horas de votação, era possível ver uma grande movimentação de pessoas se dirigindo às seções eleitorais dos bairros da Região Oceânica (199ª zona eleitoral) para exercer seu direito ao voto. As eleições na região ocorreram sem grandes problemas. Segundo a 81ª DP, apenas um registro foi feito durante o dia: uma eleitora que afirma não ter conseguido votar no candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL), alegando falha na urna eletrônica.

O fato teria acontecido na seção 75, no Ciep Rui Frazão Soares, no Engenho do Mato. Segundo consta no boletim de ocorrência, após seguir toda a ordem de votação, a eleitora teria digitado o número do presidenciável, mas o processo se encerrou antes que ela apertasse a tecla “confirma”.

Entre os eleitores da região ouvidos pela Folha, o sentimento comum que pode ser percebido é de que o voto, desta vez, não serviu para representar a vontade real do eleitor, mas sim para evitar um dos candidatos da polarização que se desenha para o segundo turno, no caso Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro.

– Votei no Bolsonaro. Não acho que ele será um grande presidente, mas o momento é dele. Chegamos a um ponto em que a liberdade está exagerada. A polícia não é mais respeitada. Não se tem mais limite pra nada. Acredito que precisamos de uma mudança radical para acabar com essa roubalheira que está aí – disse o aposentado Paulo Espíndola, 63 anos, que completou sua lista de votos com Feres Mello (PPS) para deputado estadual, Marcelo Mérida (PSD) para federal, Cesar Maia (DEM) e Flavio Bolsonaro (PSL) para senadores e Eduardo Paes (DEM) para governador.

“Precisamos de uma mudança radical”, defende o aposentado Paulo Espíndola

A mesma estratégia motivou a contadora Valéria Bonifácio, 60 anos, a dar seu voto, que seria de Marina Silva (REDE), para Ciro Gomes (PDT).

– Por causa desse quadro de extremos entre o PT e Bolsonaro, me vi obrigada a transferir meu voto para o Ciro, de quem não gosto, para tentar empurrá-lo para o segundo turno. Foi uma estratégia pra fazer do meu voto um voto útil. Essas eleições me fizeram sentir como se estivesse em 1964. Me sinto roubada em meu direito de escolha – disse Valéria, que votou acompanhada da filha, a historiadora Sarah Bonifácio, 29 anos.

– Votei também no Ciro para descartar a possibilidade de Haddad ou Bolsonaro se elegerem. No caso desses dois irem para o segundo o turno, não vai me restar outra alternativa senão anular o voto – acrescentou a jovem. Suas outras escolhas foram Chico Alencar (PSOL) e César Maia para o senado, Leandro Lyra (NOVO) para federal e Carlos Minc (PSB) para estadual.

Outra que duplamente diz que não pôde votar no candidato em que desejava é a manicure Tuanne Alves, 25 anos.

– Lula livre! Com o fato da prisão, minha opção seria votar no Ciro. Mas por causa do Lula e contra o ‘Coiso’, votei no Haddad. No fim, acho que é o único que pode seguir cuidando da gente. Bolsonaro não tem sanidade mental para governar um país. O povo nessas eleições está perdendo o senso, principalmente o pobre, porque o rico a gente até entende, né? – opinou a jovem, revelando que votou também em Benedita da Silva para deputada federal, Waldeck Carneiro para estadual, Lindbergh Farias para o senado e Marcia Tiburi para governadora, todos do PT.

Tuanne:

Tuanne: “O povo, nessas eleições, está perdendo o senso”

Jornalista, fotógrafo e escritor, 36 anos. Trabalhou nos jornais EXTRA e O GLOBO, tendo atuado também nos principais jornais do interior fluminense, como FOLHA DA MANHÃ, FOLHA DOS LAGOS e A VOZ DA SERRA. É autor do livro "Opinião e Crime – A história da prisão do jornalista Avelino Ferreira", publicado em 2013 pela Marka Editora.

Clique para comentar

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha Digital

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Mais lidas